sábado, 8 de novembro de 2014

ÓLEOS VEGETAIS NOS CABELOS CRESPOS...

Olá divas!
Nós que temos cabelos crespos sabemos o quanto nosso cabelo precisa de hidratação e umectação, né? Eu por exemplo, no meu Cronograma Capilar faço mais nutrição do que hidratação, pois meus cabelos crespos ficam são muito ressecados e pra eles não ficarem quebrando não posso abrir mão das minhas nutrições semanais.
Agora pra nossa "alegria", ou melhor, alegria dos nossos crespinhos, os óleos vegetais tem nos ajudado muito, né? Sou fã do óleo de coco, tanto pra minhas nutrições como para dar àquela customizada nos meus cachinhos. Sei que muitas de vocês já sabem quais são os óleos vegetais, mas vou deixar uma listinha feita pela demartologista Tatiana Jerez, que é membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, numa matéria que ela deu pro site dicasdemulher.com.br.
Principais óleos vegetais de beleza
*Óleo de semente de uva: rico em vitaminas e antioxidantes, tem grande poder de hidratação da pele, melhorando sua elasticidade. Está presente em muitos produtos antiestrias para gestantes.
*Óleo de amêndoas: tem textura leve e hidrata a pele e os cabelos.
*Óleo de melaleuca (tea tree oil): tem propriedades antissépticas e de controle da produção sebácea. Muito útil em xampus que controlam a oleosidade dos cabelos, dando uma sensação de frescor durante sua aplicação, sem ressecar as pontas.
*Óleo de coco (coconut oil): tem propriedades antissépticas e anti-inflamatórias e pode ajudar no controle de coceiras. São muito usados em produtos para cabelos secos e danificados ou quimicamente tratados.
*Óleo de oliva: hidrata e condiciona os cabelos. “Mas um estudo demonstrou que seu uso diretamente sobre a pele poderia danificar a barreira cutânea”, acrescenta a dermatologista.
*Óleo de girassol: tem alto poder de hidratação da pele e de manutenção da barreira cutânea.
*Óleo de rosa mosqueta: tem propriedades hidratantes e de reparação dos tecidos, ajudando na cicatrização.
Agora o que ela diz sobre a diferença entre óleo vegetal x óleo mineral, é incrível mas muitas meninas ainda não sabem essa diferença e acabam cobrando aqueles olinhos minerais que vem naquelas embalagens e são bem baratinhos nas farmácias, até minha mãe, mas que não são nada bom, né?
Tatiana Jerez explica que os óleos vegetais são extraídos de plantas e os óleos minerais, do petróleo. “Os vegetais são mais leves e têm cosmética mais agradável. Já o óleo mineral, tem textura mais espessa e forma uma barreira externa sobre a pele, lubrificando e protegendo (como em casos de queimaduras), mas podendo causar obstrução dos poros e glândulas”, destaca.

Óleo Vegetal 

Óleo Mineral


Acredito que a melhor maneira de descobrir qual o melhor se adapta ao seu tipo de crespo é testar mesmo, não tem outro jeito. Se você faz o Cronograma Capilar vai alternando os óleos vegetais, apesar de eles não serem muito baratos, divas. Mas o azeite temos sempre em casa.
Vou deixar 3 videos de 3 meninas americanas, cada uma com um tamanho diferente de cabelo. Vejam como elas cuidam dos seus crespinhos e deixam eles lindos pro dia a dia. E essa técnica, que muitas brasileiras já fazem, não precisa ser feito todos os dias. Eu faço o meu uma vez por semana e durmo com uma touquinha de cetim, que é ótima pra conservar os cabelos, divas. Fica a dica... Espero que vocês assistam e gostem das dicas, pra quem ainda não sabe o que fazer com os crespinhos, usem essa técnica que vocês vão passar a amar seus crespinhos, divas.




Canal das meninas na ordem de cima pra baixo: MissKenk; Tolihali; Mini Marley.

Como eu faço: 1º passo: uso um leave-in; 2º passo: uso meu óleo de coco vegetal; 3º uso gel no momento de enrolar, ou enrolo com bigoudins, ou tranço ou faço coquinhos, é isso mesmo, aqueles que nossas mães faziam quando eramos crianças, rsrsrs...
Bom final de semana, divas...  Beijocas!!!

by Carolina Ribeiro.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

NOVIDADE PARA QUEDA DE CABELO- IDEAL PARA PELE NEGRA

Olá divas!
Um dos sites que mais gosto de acompanhar é o da Dra. Katleen Conceição. Ela é uma dermatologista especializada em pele negra e lá no seu site ela sempre traz dicas e novidades pra nossa pele negra. E quando o assunto é cabelo nem piscamos vamos lendo, eu sou assim. E li ontem sobre esse novo produto para cabelos, segundo ela ideal para pele negra, é um produto chamado "Nourkrin", é um suplemento alimentar e que ajuda na queda de cabelo. 




Olha o que ele promete...

 ▶️Nourkrin um suplemento alimentar natural, que contém proteína de elementos marinhos, incluindo cartilagem de peixes obtidos em alta profundidade e outros minerais e vitaminas. 

▶️Contém: • Marilex – extrato de cartilagem marinha contendo proteínas, polissarídeos e glucosamina, que atua comprovadamente no estimulo do crescimento de novos fios de cabelos.
• Silica Orgânica Extra Forte – mineral essencial para o tecido conjuntivo, importante para manter o cabelo saudavel e forte.
• Acerola Cherry – fonte rica vitamina C, que atua como antioxidante.

▶️Este Produto atende tanto homens quanto mulheres. Ele funciona em 4 etapas ao longo de seis meses (embora a maioria dos usuários note a diferença depois de 3 ou 4 meses). 
▶️Meses 1 e 2:  nutre os fios mais finos. 
▶️Meses 2 e 3: Fortalece e promove o crescimento do cabelo existente. ▶️Meses 3 e 4: Estimula e promove o crescimento de fios adormecidos, que no início costumam ser ralos e arrepiados. 
▶️Meses 5-6: Os fios novos tornam-se ainda mais fortes, saudáveis e sedosos.

Parece muito bom, né? Mas é claro que não devemos sair por aí experimentando coisas sem antes consultar um dermatologista, meninas. Até porque ele não é um produto barato, vi em torno de R$ 185,00 a caixa com 60 comprimidos.
Eu confesso que fiquei super curiosa a respeito do Nourkrin ...

Fonte: http://dermatologiapelenegra.blogspot.com.br/2014/11/novidade-para-queda-de-cabelo-ideal.html

by Carolina Ribeiro...